5000onon

Ida de deputados ao TCE gera polêmica

Resultado de imagem para Rubem Martins 
 Deputado Rubem Martins (Foto: Reprodução)

Um simples convite do deputado Rubem Martins aos colegas, para que comparecessem ao Tribunal de Contas do Estado, para acompanhar a votação do processo de concessão da Agespisa, retomado em face de decisão do Supremo Tribunal Federal dando à corte de contas legitimidade para decidir, gerou forte polêmica na sessão de ontem (8). O líder do governo, deputado João de Deus, entendeu o convite de Martins como uma forma de pressão ao TCE.

O líder do governo disse textualmente: "essa estória cheira mal". Em seguida ele disse que o convite de Rubem Martins era como se os deputados fossem obrigados a comparecer ao TCE. “Eu acho que o Tribunal tem que ficar inteiramente à vontade, para julgar de acordo com sua consciência e que não temos que estar aqui chamando deputado para ir para o Tribunal. É papel do Tribunal fazer a investigação e já fez, e que tome a decisão mais correta possível. Essa história de que deputado tem que ir para lá, ela cheira mal. A fala do deputado Rubem Martins foi muito infeliz, porque ele falou nessa perspectiva”.

O presidente Themístocles Filho lembrou aos colegas que na manhã de quinta-feira haveria votação no plenário, e que eles não poderiam estar ausentes da sessão ordinária. Rubem Martins ainda chegou a criticar o presidente por excesso de compromisso com o governo.

O deputado Gustavo Neiva (PSB) negou que a presença dos colegas no Tribunal de Contas do Estado pudesse significar pressão para que o órgão votasse contra o governo. Neiva disse que o seu colega Rubem Martins convidou os colegas a se fazerem presentes na quinta-feira (9), sem nenhuma intenção de pressionar os conselheiros.

Idosicídio

Infanticídio, feminicídio e agora idosicício. Este último é tratado em projeto de lei do senador Elmano Ferrer, que estabelece que o assassinato de idosos pode passar a existir com figura penal específica no Código Penal.  O projeto, que já foi aprovado pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), na última  quarta-feira (8), atribui ao crime a condição de homicídio qualificado se a vítima tiver chegado aos 60 anos de idade.

 Racismo

Qualquer pessoa se aborrece com a buzina desnecessária de um carro. Numa hora dessas o incomodado acaba soltando palavrões. Com o apresentador da VT Globo, William Waack, não foi diferente. Ele aguardava o momento de entrar com uma reportagem, em frente à Casa Branca, nos Estados, quando uma buzina o incomodou. Sem saber que estava sendo gravado, ele disse para uma pessoa que estava ao lado que aquilo era coisa de preto. Depois entrou em gargalhadas. O vídeo vazou para as redes sociais e o apresentador foi suspenso de suas atividades na emissora.

O papa e os celulares  

Resultado de imagem para Papa Francisco com celular 
 Papa Francisco (Foto: Reprodução)

Outro dia eu publiquei aqui um tópico sobre o uso abusivo do celular, citando os casos em que até ao volante de um carro o usuário faz suas ligações. Agora é o Papa Francisco que reage contra o uso de celulares para fotografias em suas celebrações. Ainda bem que ele reconhece que padres e até bispos abusam com seus celulares. O celular está ao alcance de todo mundo, mas nem todo mundo está preparado para usar o aparelho.

Coragem de Temer   

Resultado de imagem para Temer 
 Temer (Foto: Reprodução)

É quase inacreditável que o presidente Temer tivesse dirigido um apelo ao povo, em mensagem no Twitter, para que dê apoio à reforma da Previdência. Ele resolveu fazer isso depois que perdeu apoio dos políticos. Disse Temer em sua mensagem: Você, meu amigo que está me ouvindo, quando possa, converse com seu amigo, no seu trabalho, na sua atividade, na sua casa, converse onde estiver, mostrando a todos que a reforma previdenciária é fundamental para o nosso país, para que ele continue a desenvolver-se, como vem desenvolvendo até o presente momento.

Contrabando de madeira


 Repercutiu no portal G1, da Globo, a apreensão de uma carreta com 65 toneladas de madeira com documentação falsa., na cidade de Floriano. O condutor foi abordado pela Sefaz no Posto Fiscal de Pontões, após o condutor ter apresentado Documento de Origem Florestal (DOF) com indícios de inautenticidade. Os fiscais da Sefaz acionaram os agentes da PRF, que em conjunto com o Ibama realizaram a apreensão  da carga. A matéria não diz de onde foi extraída a madeira, mas é provável que tenha sido em cidades do Piauí e do Maranhão.

Flávio Dino na AL  

Resultado de imagem para Flávio Dino 
 Flávio Dino (Foto: Reprodução)

Está confirmada para a próxima segunda-feira a entrega do título de cidadão piauiense ao governador do Maranhão, Flávio Dino. O deputado Themístocles Filho é o autor da homenagem. Ao reforçar o convite aos colegas, Themístocles informou que Flávio Dino receberá das mãos do governador Wellington Dias a Medalha do Mérito Renascença. O plenário da Assembléia será pequeno para agasalhar tanta gente, pois é sabido que a cidade de Timon prestigiará o homenageado.

Moacir no Seis e Meia

Para quem gosta de músicas românticas e antigas, a chance será dada pelo projeto Seis e Meia, na próxima terça-feira (14). O cantor Moacyr Franco estará se apresentando com um repertório que inclui as músicas“Doce Amargura”, “Coração sem Juízo”, “Querida”, “Milagre da Flecha”, “Balada das Mãos”, “Distante dos Olhos”, “Cartas na Mesa”, “Suave é a Noite”, “Balada nº 7”, “Eu Te Darei Bem Mais”, “Ainda Ontem Chorei de Saudade” e “Seu Amor Ainda é Tudo”. Além de cantar, Moacyr mostrará também seu lado humorístico.

O humor de cada dia

Viajante andava a cavalo, quando avistou, na beira da estrada, uma casa que tinha escrito na fachada “delícias caseiras”. Ele logo pensou que se tratasse de loja de produtos artesanais. Entrou para comprar alguma coisa que pudesse agradar à sua esposa, mas deu de cara foi com uma porção de mulheres, cada qual mais arrumada. Ele então ficou sem jeito, mas o dono a casa logo ofereceu as “beldades”, informando assim: “aquela de branco é a minha esposa. As duas que estão ao lado dela são minhas filhas. Aquela mais madura é minha sogra. Todas as outras são da família, cada qual mais educada. O cliente então se retirou, certo de que entrara na casa errada. 

Dê sua opinião: