5000onon

Firmino Filho e W, Dias precisam visitar o mercado do Parque Piauí

Resultado de imagem para firmino e Wellington Dias 
 Governador Wellington Dias e prefeito Firmino Filho (Foto: Reprodução)

O prefeito Firmino Filho precisa interromper o sono da manhã para uma visita ao mercado do Parque Piauí, tal como ele fez, andando de ônibus, para testar os primeiros passos da Integração. Ele precisa
conversar com os feirantes, para saber como eles solucionaram um problema de goteiras, causado pelo afastamento de uma placa no telhado.

Firmino Filho pode aproveitar a ocasião e fazer um convite ao governador Wellington Dias, para que ele veja a situação de uma mulher que está vegetando na praça, debaixo de um abrigo improvisado com
caixas de papelão, ao que se sabe, por ter sido expulsa de casa, pelos próprios filhos. Quem sabe se ao final da visita o prefeito e governador não chegam a um entendimento sobre a sucessão estadual?

Seria bom que o prefeito ou o governador convidasse alguém do IBAMA, para ver se consegue acabar com o comércio de pássaros em frente ao mercado. Sobre uma banca de jogo de azar que funciona ao lado, o governador e o prefeito não precisam se preocupar, pois o senados Ciro Nogueira já está solucionando o problema com a legalização dos jogos.

Não é oportuno que o prefeito convide a Câmara Municipal para participar da visita, pois teve um vereador que esteve na área afetada pelas goteiras e não resolveu nada. Também não precisa perguntar ao
administrador do mercado por que ele não resolveu o problema das goteiras. Os feirantes haverão de contar tudo. Firmino Filho e Wellington Dias precisam entender que o momento é oportuno par esse
tipo de visita, levando-se em conta o ano eleitoral.

Dívidas de Romário

O texto a seguir está no portal brasil247?: “O senador Romário (Podemos-RJ) vem usando sistematicamente empresas e "laranjas" para ocultar seu patrimônio milionário e assim evitar o pagamento de
dívidas reconhecidas pela Justiça; dívidas do ex-jogador passam dos R$ 36 milhões e vão desde impostos até cobranças por conta de suas empresas; mecanismo para esconder bens foi explicitado pela juíza
Érica de Paula Rodrigues da Cunha, da 4ª Vara Cível da Barra: “O expediente é tal flagrante que não pode ser ignorado. Não é preciso maior dilação para se concluir pela ocultação de patrimônio para
fraudar credores”; Romário, vale lembrar, votou a favor do impeachment da presidente Dilma em nome da "ética"

Briga no trânsito

Uma briga no trânsito de Teresina, mais precisamente na Avenida Raul Lopes, gerou o vídeo mais chocante dos últimos anos em episódio da mesma natureza. O condutor de uma caminhonete bateu em um carro menor, quando ia sair de uma loja, causando reação violenta do atingido, que partiu de “porrete” e quebrou os vidros da caminhonete, cujo proprietário sacou de uma arma e disparou contra o outro, ferindo-o de raspão. Os dois foram presos. O site G1 deu destaque ao incidente, mas ocultou os nomes dos dois envolvidos. Eles se chamam Diogenes Cassiano ( o baleado) e Flábio Silva de Souza ( o atirador). Esse último já teria matado um caminhoneiro.

Prove que está vivo, exige o INSS

Os aposentados e pensionistas têm até quarta-feira (28) para confirmarem que estão vivos ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). No Piauí, o gerente executivo do INSS, Ney Ferraz, informou
que cerca de 10% ainda não regularizaram a situação e poderão ter os seus benefícios bloqueados a partir da próxima semana”. Como os aposentados são pessoas de idade, é natural que morram mais que os não aposentados. Nesse caso, o INSS deve fazer sua “checagem” mensalmente.

O presidente Temer teria tratado disso em sua “abortada reforma da Previdência?

Motoqueira provoca acidente

Há sempre um motociclista criando dificuldade para quem dirige automóvel em Teresina. Ultrapassagens indevidas acontecem com freqüência. Mas há outras situações, como a que levou um condutor a
desviar seu carro de uma motoqueira que mudou de pista inesperadamente. Ele teve que subir o canteiro e bateu em um poste de forma violenta. Felizmente o homem saiu sem ferimentos graves. A
“nonita” que causou a batida certamente continuará fazendo o que fez, até que chegue também o seu dia. Esse fato aconteceu na Avenida Marechal Castelo Branco, na manhã de ontem (25). O carro e o poste
ficaram sói o “bagaço”.

Temer na Veja

O presidente Temer foi capa da revista veja da última semana, sem pagar nada, ao contrário dos programas de televisão que visou. Ele foi duramente criticado pela sua decisão de decretar intervenção do
Exército na Segurança do Rio de Janeiro. Na entrevista que concedeu ao apresentador Datena, na última sexta-feira, Temer disse reiteradamente que não é candidato à reeleição. A revista tem dúvidas. Pode ser que o presidente esteja falando a verdade e que o seu desejo seja dar força ao seu partido, o MBB.

Morre Colombo Neto

Teresina acaba de perder um grande músico da noite, em todos os momentos, Francisco Diodo da Silva, o popular Colombo Neto. Ele tinha 85 anos de idade e já vinha adoentado. Colombo tocava vários
instrumentos de corda, com predominância o violão e o cavaquinho. Era natural de Sobral-Ceará e chegou ao Piauí em 1964. Tocou durante muitos anos nas casas noturnas do meretrício da Paissandu e depois fez parte da Banda de Música da Prefeitura de Teresina. Antes, fez parte de quase todos os grupos musicais da capital.

A força do boato

Está mais do que provado que os boatos repercutem mais que as informações verdadeiras. Um exemplo recente foi a informação de que o homem que disparou vários tiros contra outro, após um acidente de
trânsito, seria Juiz de Direito. Embora o fato tivesse sido amplamente divulgado nos portais de Teresina, a Associação dos Magistrados Piauienses publicou uma nota rebatendo o lado mentiroso do fato nas
redes sociais. Alguns portais informaram que o autor dos disparos já tinha matado um caminhoneiro em Teresina.

O humor de cada dia

Dizem que no morro de uma cidade não ia água, de jeito nenhum, ate que um certo dia fizeram uma reunião de moradores. Os moradores falaram com o presidente do grupo de moradores que era
para chamar o engenheiro da empresa que fornecia água. O engenheiro disse que não dava para resolver, porque o bairro era num lugar alto. Como em ano de eleicão os politicos fazem de tudo por um
voto, o vereador e o prefeito da cidade foram lá.

Chegando lá o vereador perguntou para o engenheiro por que não tinha água lá, dai o engenheiro disse que era por causa da lei da gravidade.

Ai o vereador se vira para o prefeito diz: - eu vou de qual quer jeito tirar essa lei.

Dai o prefeito disse para o vereador: - Não dá de retirar, porque essa lei é federal.

Dê sua opinião: