5000onon

Eleitor radicaliza sobre candidatos nas redes sociais

O debate sobre os candidatos a presidente nas redes sociais pode estar sendo mais radical do que aquele entre os próprios concorrentes, significando que o eleitor tem menos capacidade para mudar de ideia que o seu preferido. Um exemplo disso foi publicado no portal G1, onde aparece o candidato Jair Bolsonaro criticando a divisão da sociedade, por achar que isso pode resultar na luta de classe e enfraquecimento dos valores.

Na entrevista que concedeu ao jornalista Augusto Nunes, Bolsonaro não se mostrou radical em nenhum momento. Até sobre que tipo de punição deseja para seu agressor ele foi tranquilo. Defendeu o cumprimento da lei em vigor. O candidato do PT, Fernando Haddah, também vem defendendo o diálogo na campanha eleitoral. Curiosamente, Geraldo Alckmin e Ciro Gomes aparecem mais radicais na propaganda pela TV e nos atos públicos que realizam.

Se todo candidato avaliasse a repercussão de suas ideias junto ao eleitorado não haveria mensagens exageradas. Medidas contra a corrupção, por exemplo, não seriam anunciadas com a garantia de que ela deixará de existir. O eleitor não acredita nisso e pode até deixar de votar no candidato que promete a solução. E ele tem razão, pois esse tipo de discurso é antigo e nunca surtiu o efeito desejado.

Política e religião

Os candidatos a cargos eletivos deram uma trégua aos frequentadores do mercado do Parque Piauí. No último domingo não havia nenhum deles e nem carro de som para atrapalhar as pregações evangélicas que são
feitas em dois pontos distintos. Em compensação, equipes de rapazes e moças distribuíam mensagens religiosas impressas de pelo menos três igrejas. O que mais impressiona na praça do Parque é a indiferença dos
candidatos e dos evangélicos a uma senhora que vive debaixo de uma barraca de plástico, sem qualquer assistência do poder público.

Carreatas

O conjunto Saci ainda não serviu de ponto de partida de nenhuma carreata política este ano. Em campanhas anteriores até carroceiros desfilaram com candidatos escanchados em suas carroças. A preferência dos políticos pelo Saci sempre foi em função da facilidade de acesso pela Avenida Maranhão. Da entrada do conjunto para quem vem do centro as carreatas sempre seguiam para os principais bairros da zona Sul, Bela Vista, Lourival Parente, Parque Piauí e Promorar.

Votos nulos e brancos

Publicou o portal G1: Quais as diferenças entre o voto branco e o voto nulo? No vídeo acima, o G1 explica como, na prática, as consequências de ambos são exatamente as mesmas. Nas regras atuais, na apuração da eleição, só são considerados os votos válidos. Além disso, o Código Eleitoral afirma que, mesmo se mais da metade dos eleitores votar nulo, a eleição não vai ser suspensa.

Cordel e educação

Não foi por acaso que a literatura de cordel passou a ser patrimônio cultural do Brasil. A estrofe abaixo, de autoria de Bráulio Bessa, cordelista do programa de Fátima Bernardes, mostra a importância do cordel em determinados assuntos

A Força do Professor

Um guerreiro sem espada
sem faca, foice ou facão
armado só de amor
segurando um giz na mão
o livro é seu escudo
que lhe protege de tudo
que possa lhe causar dor
por isso eu tenho dito
Tenho fé e acredito
na força do professor.

Debate tardio

O debate sobre a concessão de indulto para o ex-presidente Lula não tem mais razão de ser, pois tando o ex-presidente quanto o seu candidato a presidente, Fernando Haddah, já descartaram a ideia. Lula disse que não quer e Haddad disse que não concederá. O PT quer é a absolvição de Lula por falta de provas. A propósito do assunto, o novo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli, afirmou na última segunda-feira, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, entender que indultos só podem ser concedidos por um presidente da República de forma geral, sem poder visar um determinado condenado.

Sem sessão


Mais uma segunda-feira sem sessão na Assembleia, devido à campanha eleitoral. Houve um entendimento de que na segunda-feira os deputados não são obrigados a comparecerem. Muitos deles retornam do interior já de madrugada, pois os eventos sociais no interior vão até meia noite.
Dependendo da distância, a viagem de volta, de automóvel, pode durar até seis horas.

Lentidão no trânsito

O trânsito em Teresina está cada vez mais lento. As avenidas com pista exclusiva para ônibus hoje sofrem constantes engarrafamentos causados por caminhões e por partidas lentas quando o semáforo fica verde. Em alguns semáforos o “verde” não dura mais que um minuto, permitindo a passagem de apenas oito ou dez carros. Os condutores, em sua grande maioria, partem muito lentamente. Alguns ficam distraídos no celular. Por tudo isso, a educação no trânsito não deve ser apenas para evitar acidentes.

O humor de cada dia

Casal dialogando na cama:

- Mulher: Se eu morresse você casava outra vez?

- Marido: Claro que não!

- Mulher: Não?! Não por que?! Não gosta de estar casado?

- Marido: Claro que gosto!!!

- Mulher:Então por que é que não casava de novo?

- Marido: Esta bem, casava..

- Mulher.(com um olhar magoado): Casava?

- Marido: Casava. Só porque foi bom com você..

- Mulher: E dormiria com ela na nossa cama?

- Marido: Onde é que você queria que nós dormíssemos?

- Mulher: E substituiria as minhas fotografias por fotografias dela?

- Marido :É natural que sim…

- Mulher: E ela ia usar o meu carro?

- Marido: Não. Ela não dirige…

- Mulher: !!!! (silêncio absoluto).

Dê sua opinião: