5000onon

Deputado denuncia irregularidade em Centro de Produção

Resultado de imagem para deputado marden menezes 
  Deputado Marden Menezes (Foto: Reprodução)

Em meio aos acirrados debates sobre o empréstimo que o Estado tomou à Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 600 milhões, mas que foi liberada somente a metade, estando a segunda sob questionamento da oposição em vários tribunais, o suposto desvio de recursos na obra de um Centro de Produção Comercial na cidade de Piripiri não empolga a bancada da oposição e nem provoca reação na base aliada do governo.

O deputado Marden Menezes (PSDB) fez a denúncia no espaço dos pequenos avisos, afirmando que a Secretaria Estadual de Turismo anunciou a liberação de recursos para tal obra em dois momentos, totalizando R$ 2 milhões, sendo que a metade foi paga a uma empresa e o restante a outra contratada, sem que se saiba ao menos quanto foi investido na obra. O deputado acredita que o valor não chegou as R$ 200 mil.

Marden informou que o Tribunal de Contas do Estado já notificou o ex-secretário de Desenvolvimento Econômico, deputado José Lavor Nery, o Nerinho (PTB), que anunciou a realização da obra. “Na primeira vez,
estava prevista a aplicação de R$ 1,5 milhão no Centro de Produção, mas como a obra não foi feita, agora o Governo está informando que serão investidos mais R$ 1,1 milhão. Isto é um fato muito grave”,
declarou ele.

O parlamentar tucano informou que, na próxima segunda-feira, pretende apresentar um requerimento solicitando ao Governo do Estado que envie informações à Assembleia Legislativa sobre a obra que, além dos novos recursos será realizada agora por uma nova empresa contratada pela Secretaria de Turismo.

Troca de plantões

O deputado Rubem Martins (PSB) demonstrou sua preocupação com a greve da Polícia Civil e com a troca de plantões nas delegacias. Segundo o parlamentar, nos finais de semana a Delegacia de Gênero fica
responsável pelos casos da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente. “O Governo do Estado fez essa transferência nos finais de semana, o que é muito preocupante. Rubem Martins apelou para que a
Secretaria de Segurança reveja essa situação, pois ele entende que misturar casos de crianças e adolescentes é um risco muito grande.

Disco furado

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Francisco Limma Lula (PT), acusou a oposição de ser repetitiva, insistindo na discussão de um empréstimo que o governo sequer prestou contas. “Na
verdade, se você ouvir os dez últimos pronunciamentos sobre o empréstimo é uma cópia um do outro, é um disco furado” – disse o deputado. A oposição considera também repetitivas as respostas do
governo.

Alckmin em Teresina

O governador de São Paulo e pré-candidato à presidência da República pelo PSDB, Geraldo Alckmin, estará em Teresina no próximo sábado (05), onde cumpre agenda com segmentos tucanos, líderes empresariais e representantes do setor produtivo do Estado. Olhando as fotos do Alckmin, por vários ângulos, descobri que ele se parece bastante com um ator que fazia o papel de uma velhinha no programa A praça é nossa.

O plantão do Efrém

Escreveu o jornalista Efrém Ribeiro, no facebook: “Há décadas, o prédio do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) está vazio e abandonado na Praça João Luiz Ferreira, no Centro de Teresina.
Ameaçado de desabamento pelas décadas de falta de manutenção e por causa da ação das chuvas, altas temperaturas e ventos, o prédio do INSS precisa ser recuperado e devolvido para a população. Este
repórter, chamado Efrém Ribeiro, do Jornal Meio Norte, vai ficar todos os dias, por 15 minutos , debaixo do prédio. Se o prédio ruir, meus colegas já terão um título para a reportagem: Prédio do INSS desaba
sobre repórter de Teresina".

Greve do Simpolpi

O Sindicato dos Policiais Civis do Piauí (Simpolpi) realizou um ato público em frente à Delegacia Geral, na Praça Saraiva, na manhã desta sexta-feira (4), dando continuidade a uma greve que já dura mais de 15
dias. Em discurso inflamado, o diretor geral do Simpolpi, Valdir Bezerra, criticou os peritos criminais e os delegados, que não participam da greve. O ex-secretário de Segurança, Fábio Abreu, foi acusado de ter usado a Segurança com fins meramente eleitoreiros.

Mídia petista ataca juíza

A mídia petista, no caso o portal brasil247, voltou a atacar a juíza Carolina Lebbos, por ela ter permitido que uma equipe da Revista Veja faça uma matéria na prisão de Lula. O portal aponta como casos escandalosos a proibição das visitas do médico de Lula, do prêmio nobel da paz e do frei Leonardo Boff, cuja foto sentado à soleira da sede da PF correu o mundo inteiro. No final da matéria o portal afirma que o grupo empresarial da revista, embora recompensado pelo governo Temer, está ameaçado de quebra

Allisson poderá ser expulso da PM

Após a divulgação de matéria do portal cidadeverde.com, em que a família de Camila Abreu denuncia a lentidão no processo que apura o assassinato da jovem pelo capitão PM Allisson Wattson, o governador
Wellington Dias assinou a decisão que encaminha o processo de exoneração do ex-policial ao Tribunal de Justiça, que irá decidir se o acusado perderá o posto e a patente. Baseado na matéria do cidadeverde.com, o deputado Robert Rios criticou as regalias co capitão, que continua vestindo a farda da corporação e recebendo o soldo.

O humor de cada dia

 Um vaqueiro saiu à procura de um boi que desaparecera da fazenda que ele tomava conta, fazendo indagações, de porta em porta. Numa humilde residência ele bateu palmas e quem respondeu foi um papagaio que estava em cima do muro.

- Você não me dá notícia de um boi rajado que desapareceu da minha fazenda?, Indagou o vaqueiro. O papagaio balançou as asas e respondeu:

- Olha o couro dele espichado ali no quintal!!!

O vaqueiro tomou as providências legais, conseguindo prender o sujeito e receber o valor do boi roubado e vendido na feira. O pobre do papagaio foi castigado. O ladrão do boi arrancou-lhe as penas,
soltando-o no tempo frio. Quando se agasalhava no pé de uma cerca, passando uma chuva, o papagaio ficou ao lado de um pinto pelado, fazendo-lhe esta indagação:

- Você andou também fuxicando sobre o roubo do boi, não foi?


Dê sua opinião: