5000onon

Atentado preocupante contra candidato a presidente.

De todas as manifestações de solidariedade ao candidato a presidente Jair Bolsonaro pelo atentado que ele sofreu com uma facada quando fazia campanha em Juiz de Fora – MG, a mais estranha foi a do presidente Temer, quando ele disse: “que sirva de exemplo”. Exemplo pra quem? Esta é a pergunta que não calou dentro de muita gente.

A outra pergunta que não quer calar é sobre se o candidato subirá ainda mais nas pesquisas, na condição de vítima. A lógica indica que isso só aconteceria se ficasse provado que o agressor agiu a mando de alguém. Confirmando-se o que ele disse à polícia, ou seja, que agiu por conta própria, o episódio ficaria como um choque entre dois desequilibrados.

A grande verdade é que em nenhuma campanha eleitoral no Brasil a questão ideológica levou qualquer candidato, de esquerda ou de direita, a influenciar tanto o eleitorado. Quem acessa as redes sociais com freqüência pode perceber a exaltação dos ânimos entre eleitores de um lado e de outro. Os seguidores de Bolsonaro concordam com a idéia do dente por dente, olho por olho.

Contudo, entre uma postagem e outra na internet e uma ação deliberada para esfaquear um candidato há uma grande diferença. De duas uma: ou o agressor do candidato Bolsonaro ganhou dinheiro para praticar o atentado ou então ele é um perturbado mental. É mais provável que ele não seja normal, pelo risco a que se expôs, de ser linchado.

Em nome do Senhor

Em sua primeira fala após o atentado, Jair Bolsonaro demonstrou resignação, enquanto o senador Magno Malta usou em vão o nome de Deus, sem dizer uma só palavra sobre os médicos que operaram o paciente.

Discurso demagógico em campanha se torna pior quando Deus é usado de forma apelativa. O ex-quase futuro vice de Bolsonaro devia ter a língua no cotovelo, por onde fala com desenvoltura. O pastor Silas

Malafaia não ficou por menos. Sua fala não foi de quem segue o exemplo de cristo.

Candidatos irão à OAB

Nos dias 11 e 18 do corrente, às 16h, haverá debates com os postulantes ao Governo do Estado e ao Senado nas eleições gerais de 2018. A Ordem dos Advogados do Brasil, secção Piauí, será a promotora do evento. O objetivo dos debates é fazer com que os candidatos firmem compromisso com questões ligadas aos Idosos, Pessoas com Deficiência, Mulher, Saúde, Previdência, entre outros temas de interesse da sociedade. A OAB está discutindo com donos de portais e emissoras de rádio de todo o Estado a forma mais segura para a transmissão dos referidos debates.

Estranho patriotismo

Estranho patriotismo: Homens fortemente armados foram flagrados em imagens do Globocop, na manhã de sexta-feira (7), durante baile funk na Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, por volta das 6h30. Foi o que noticiou o portal G1, acrescentando que o baile começou na quinta-feira e varou a madrugada. As imagens mostram os criminosos circulando com armas de guerra entre as pessoas que se divertiam e dançavam no local. Segundo informações da Delegacia de Combate às Drogas (Dcod), o homem que aparece na imagem com um cordão de ouro e sem armas é o traficante Renan Henrique Barbosa Campos, conhecido como RN, gerente do tráfico na Vila do João.

Militares avaliam atentado

A nota do comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, sobre o atentado sofrido pelo candidato Jair Bolsonaro pede a manutenção da serenidade no país. Ele afirmou que repudia o atentado contra o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e defende o "combate aos radicalismos" contra o que classificou como "desafio" à democracia. A nota pede ainda a "confiança nos órgãos de segurança pública, para que todos juntos ultrapassemos esse desafio à nossa democracia e à paz social". Ainda na tarde da última quinta-feira o alto comando do Exército fez uma reunião por videoconferência na qual foi discutido o atentado contra Bolsonaro.

Arma branca

Escreveu Douglas Ferreira, no facebook: “Esse crime contra Bolsonaro poderia ter sido evitado se a venda de FACAS fosse proibida no Brasil.

O povo brasileiro não tem educação para comprar e portar uma faca. É inadmissível que ainda nos dias de hoje as pessoas possam comprar livremente e até crianças e adolescentes possam usar também.

Precisamos urgente incluir a arma branca no Estatuto do Desarmamento. DIGA NÃO ÀS ARMAS”

Mentiras na Internet

Pessoas que usam as redes sociais espalharam que o autor do atentado a Bolsonaro teria recebido R$ 250 reais para matar o candidato, já com o dinheiro na conta, quando a polícia ainda não conseguiu descobrir nenhum mandante. Então há que se perguntar: Onde já se viu mandante pagar antecipado? E mais: que assassino correria o risco de ser linchado, deixando tanto dinheiro para os outros?

O humor de cada dia

Um bêbado foi preso na esquadra da polícia:

- Está preso, diz o guarda!

E o bêbado a praguejar:

- O Senhor Guarda prende-me hoje, mas amanhã eu estou solto! Mas quando eu prender, o Senhor Guarda, nunca mais vai sair!

E o guarda, todo lixado:

- E quem é você para me ameaçar dessa maneira?

- Eu sou o coveiro do cemitério, diz o bêbado..

Dê sua opinião: