5000onon

As ironias das campanhas eleitorais

Em todas as épocas as campanhas eleitorais geraram muitas ironias por parte dos eleitores. Atualmente a propagação dessas ironias é infinitamente maior, devido ao fenômeno da internet. Hoje, a “mancada” de um candidato, seja numa entrevista ou numa simples caminhada, se espalha por todo o país, em segundos. Curiosamente, os candidatos que mais despertam a criatividade do eleitor são aqueles que estão em vantagem nas pesquisas. Até mesmo as tragédias podem gerar piadas numa campanha eleitoral.

As duas maiores forças eleitorais da atual campanha presidencial são o candidato Jair Bolsonaro e o mentor da campanha petista, o ex-presidente Lula. Inventaram que o primeiro, sendo eleito, investirá maciçamente nos hospitais, para que todos atendam a população com a mesma eficiência com que ele é tratado depois que sofreu o atentado.

Já o ex-presidente Lula, caso o seu candidato seja eleito, recomendará
cuidados especiais com os presídios, para que todos os detentos tenham
o mesmo tratamento que ele tem recebido em Curitiba.

Em Teresina andaram sugerindo nas redes sociais que o governador Wellington Dias, caso seja reeleito, mande tirar os servidores do Serasa, tal como vem prometendo o candidato a presidente Ciro Gomes aos que estão com seus nomes no SPC. Ainda em relação ao governador Wellington Dias, o deputado Robert Rios afirmou que um problema que ele teve no braço não foi causado por queda numa partida de futebol, mas por ele ter passado muito tempo assinando ordens de serviço para obres que nunca foram sequer iniciadas no interior.

Flagrante

Publicou o jornalista Efrém Ribeiro, no facebook: “Um poderoso delegado tomou uns drinks a mais e falou que ele e outros delegados iriam promover a cada semana uma operação no Governo do Estado para prejudicar uma eventual reeleição do governador Wellington Dias. Um agente gravou a conversa, que chegou ao governador Wellington Dias.

Foi descoberto que uma delegada afastada do cargo praticamente reassumiu o cargo para coordenar as operações, com ajuda de um dono de um portal de notícias, que iria fazer o possível para as operações bombarem na mídia”.

Multa polêmica

Um motorista, dizendo ter sido multado pela Strans, postou o seguinte vídeo na internet, com ose seguintes dizeres: “atenção senhores condutores, quando vocês saírem da Rua Tibério Nunes para entrar na Avenida Frei Serafim, a Strans está multando, por que não existe sinalização nenhuma dizendo que é faixa exclusiva do ônibus”.

Procurado pelo portalaz, o coronel Jaime Oliveira, diretor de operações e fiscalizações da Strans, afirma que no cruzamento da Rua Tibério Nunes e Avenida Frei Serafim não há faixa exclusiva de ônibus. Finalmente, qual teria sido o motivo da multa?

Nova Ceasa

Os deputados Rubem Martins (PSB) e Francisco Lima (PT) usaram o tempo de dois minutos na sessão de hoje (18) para falar sobre a atual situação da Nova Ceasa. Rubem Martins disse que a privatização trouxe dificuldades para os vendedores de frutas, devido à elevação das taxas, sem que houvesse um prazo, ao contrário do que foi feito no Recife, onde os vendedores tiveram sete meses para tomarem pé da nova situação. O deputado Francisco Lima falou de recente encontro de Ceasas de todo o Nordeste, quando ficou constatada a melhoria em todos os sentidos na nova Ceasa do Piauí. Ele lembrou a situação anterior da Ceasa, que já não tinha mais nem conta bancária, por decisão da Justiça. Ele disse que foi gestor da Ceasa por curto período, onde constatou várias irregularidades, inclusive situação irregular de
funcionários. Sobre a privatização ele fez questão de salientar que ela foi aprovada pela Assembleia e que a empresa é genuinamente piauiense.

Segundo turno

Publicou o portal brasil247: “as pesquisas desta e da última semana indicam que a eleição já adquiriu uma dinâmica própria: a polarização entre Haddd e Bolsonaro; isso quer dizer que, na prática, o segundo turno da eleição já está em curso; ele poderá ser disputado em uma ou duas etapas, encerrando o pleito em 7 de outubro ou obrigando uma segunda "rodada final" em 28 de outubro; dependerá da concentração do "voto útil" em Haddad e Bolsonaro”.

Dilma e Marcelo

A ex-presidente Dilma Rousseff, que é hoje candidata ao Senado pelo PT de Minas Gerais, gravou vídeo pedindo votos para o candidato do MDB no Piauí, Marcelo Castro, que também disputa eleição para senador. Até aí, nada demais. Marcelo foi contra o impeachment da presidente, quando já tinha sido seu ministro. A situação de Ciro Nogueira já um pouco diferente, e é nesse ponto que o candidato ao senado Robert Rios batendo. No final, vamos saber qual dos dois terá mais votos para o Senado.

Temer é ignorado

Os candidatos a presidente não falam de Michel Temer, nem de bem e nem de mal. O próprio Henrique Meireles, candidato do MDB, é chamado pra tudo, mas nunca para fazer um elogio ao presidente. Se Meireles estivesse bem nas pesquisas estaria sendo combatido junto com Michel Temer. O eleitor bem que gostaria de saber a opinião dos candidatos sobre tudo o que o atual presidente fez de mal para a população. Mas uma coisa é certa: talvez nem o Meireles manteria as maldades de Temer contra trabalhadores e aposentados.

O humor de cada dia

Joãozinho assistia uma palestra sobre a importância da mulher na família e na sociedade, denunciando o machismo. Em dado momento ele
fez esta pergunta à professora:
- A senhora sabe me dizer quando é que a mulher vira galinha?

A professora prosseguiu com sua palestra, e quando terminou os demais
alunos pediram que ela respondesse ao Joãozinho. Foi aí que o Joãozinho se levantou e explicou:

- Professora, a mulher vira galinha quando larga o marido e ele sai

dizendo pra todo mundo; “eu nunca mais vou encontrar uma com moela (como ela).

Dê sua opinião: