5000onon

Arrastões dentro de ônibus estão virando rotina em Teresina

Tudo já se inventou em nome da mobilidade urbana. Em Teresina os inventos não foram tão interessantes, como estações de passageiros em formato e tamanho de edifício residencial, vias exclusiva para ônibus em avenidas estreitas, integração entre bairros próximos uns dos outros, entre outros. Mas não surgiu nenhum “gênio” capaz de encontrar uma solução para os “arrastões” dentro dos ônibus, o que já virou uma rotina.

Na última segunda-feira, mais um desses arrastões foi registrado. Policiais do 2º Distrito Policial investigam os bandos que estão se especializando em crimes desse tipo. O chefe de investigação do 2º DP, Feliciano Sobrinho, informou que a polícia está com dificuldade para adquirir os vídeos - gravações dentro dos ônibus - para ajudar na investigação.

O último assalto foi praticado por dois homens, próximo ao antigo Meduna. Eles anunciaram o roubo na Avenida Pinel, no bairro Cabral, zona Norte de Teresina, nas imediações de um shopping. O veículo fazia linha Mocambinho-Assembleia. De acordo com o delegado Sebastião Alencar, do 2° Distrito Policial, dois passageiros e o cobrador registraram boletins de ocorrência.

Vivemos um momento em que se discute a questão do armamento da sociedade. Seria interessante que passageiros de ônibus sacassem suas armas durante um assalto? Quantos morreriam? No sentido contrário, seria justo colocar um detector de armas na catraca do ônibus? Estas são indagações não apenas para a polícia, mas também para as autoridades do trânsito. O que não se justifica é a acomodação.

PT sai do sonho para a realidade

Finalmente se desfez o sonho do ex-presidente Lula, de ser candidato nesta eleição. Em reunião fechada em Curitiba, membros da Executiva Nacional do PT aprovaram por unanimidade na tarde de terça-feira (11) o nome de Fernando Haddad como novo candidato à presidência da República. A chapa contempla por inteiro a esquerda, eis que a vice é Manuela D”Ávila, do PC do B. Faltando menos de um mês para a eleição, espera-se agora em que percentual se dará a transferência de votos.

A frieza de Adélio

 O autor do atentado a Jair Bolsonaro, Adélio Bispo de Oliveira, tem a cabeça fria e se expressa com facilidade. Na entrevista de custódia um dia após o atentado ao candidato do PSL a presidente ele chamou de incidente o ato criminoso contra a vítima. "O incidente, o imprevisto que terminou, digamos assim, de forma problemática. Discordâncias em certos pontos, em diferentes pontos. Seguimos assim. Não saberia nem expressar, mas o fato ocorreu, entendeu? Houve um ferimento, correto?

Embora pretendíamos pelo menos dar uma resposta, um susto, alguma coisa dessa natureza, entendeu? E houve, aconteceu” – disse o criminoso.

Irmã de Robert  reage a assalto

 O deputado Robert Rios encarou com naturalidade uma tentativa de assalto sofrida por uma irmã sua, Reia Rios, cuja imagem ele mesmo se encarregou de divulgar. Ao ser abordada pelo bandido ela deu o dedo pra ele e pediu que atirasse. O portal GP1 publicou o vídeo. Reia é mestre em Serviço Social, Doutora em Ciências da Comunicação e professora da Universidade Federal do Piauí. A tentativa de assalto ocorreu no bairro São Cristóvão, na zona leste de Teresina, quando a professora ia descendo do carro.

Religação  perigosa

Ao tentar fazer a religação da energia cotada pela Eletrobras, um consumidor chamado José William de Araujo, de 34 anos, sofreu um choque e rachou a cabeça ao cair na calçada, tendo morte no local. O fato aconteceu no Dirceu Arcoverde II, no início da tarde de terça-feira (11). A Eletrobras lamentou o ocorrido e advertiu para os riscos de acidente em religação pelo consumidor, o que também é crime.

Otimismo do brasil247

Publicou o portal brasil247: “Por mais que a mídia alinhada ao golpe tenha tentado esconder, a grande novidade do Datafolha é a força do PT; segundo a pesquisa, 33% dos eleitores votam com certeza em quem Lula indicar, ou seja, Fernando Haddad, e 16% podem vir a votar – o que abre espaço até para uma vitória em primeiro turno; Haddad promete taxar lucros e dividendos, assim como aumentar o IR dos mais ricos, para distribuir melhor a riqueza; outra promessa é a democratização da mídia”

 Pesquisa não é tudo

 As pesquisas eleitorais não dizem quais as propostas de maior aceitação junto ao eleitorado. Se os institutos incluírem esse item nos questionários poderemos ter alta aceitação por determinada proposta e nenhuma pelo seu autor. Já a ausência de pontuação para os candidatos Cabo Daciolo e Eduardo Boulos é justificável. O primeiro tem idéias parecidas com as de Bolsonaro e o segundo repete tudo o que o ex-presidente Lula já disse em toda a sua vida política. Nesse caso, o eleitor prefere o original, e não o imitador.

A TV e o corpo a corpo

Os deputados estaduais, sobretudo os da oposição, estão confiando mais no corpo a corpo do que na aparição pela TV. Eles estão cada vez mais ausentes das sessões plenárias. Na terça – feira (11) apenas o deputado Dr. Hélio disse algumas palavras, usando o tempo de dois minutos. Os oposicionistas Robert Rios e Gustavo Neiva estavam inscritos para o grande expediente mas não compareceram. A desvantagem da TV é que ela mostra o candidato mas não colhe nada do eleitor. No corpo a corpo ocorre o diálogo.

O humor de cada dia

Um português entra em um banco com um revólver na mão e fala:

- Isto é um assalto. Todos deitados no chão.

As pessoas ficaram apavoradas, até que o português explicou:

- Calma. Isto aqui é apenas um ensaio. O assalto só será realizado amanhã.

Dê sua opinião: