5000onon

A importância da ética no debate eleitoral

O debate na Rede TV, na noite da última sexta-feira, serviu para que alguns candidatos mostrassem sua falta de ética. Guilherme Boulos e o Cabo Darciolo foram os campeões. Eles foram os últimos a falarem no penúltimo bloco e aproveitaram para atacar os concorrentes de formar covarde. Jair Bolsonaro ainda pediu direito de resposta, mas não foi atendido.

A falta de ética é um defeito grave no candidato. Se o eleitor considerasse isso o Brasil não teria sido governado por nenhum presidente antiético. Quem não se lembra de Fernando Collor, atacando os chamados “marajás” e Luís Inácio Lula da Silva, dizendo que combatia a discriminação contra os negros e discriminando os brancos, com aquela estória de elite branca dos olhos azuis?

Até a candidata Marina Silva faltou com a ética no debate da Rede TV, ao ir para o confronto com Bolsonaro sobre  os salários pagos às mulheres. Ao mesmo tempo em que afirmava existir discriminação ela
reconheceu que a lei trabalhista não discrimina. Bolsonaro tinha dito não se preocupar com o problema, exatamente por pretender tão somente fazer cumprir a  lei.

Luta sem fim


Em entrevista à TV 247, o ex-ministro Eugênio Aragão disse que o registro da candidatura de Lula mudou a qualidade da luta, passando da Justiça Federal de Curitiba para a arena que realmente importa, a da
Justiça Eleitoral; e explica por que o Brasil está obrigado a acatar a decisão da ONU que garante o direito do ex-presidente de participar das eleições deste ano. Para Aragão, a hora da verdade se aproxima. A
semana foi muito importante com o registro da candidatura Lula, que levou a resistência ao golpe a um novo patamar, mas a luta ainda está longe do fim.

Cirurgias em transgêneros

O nome é bonito: redesitgnação sexual (que adéqua a genitália ao gênero da pessoa). Segundo noticiou o portal G1, pelo menos 288 transgêneros estão inscritos em listas de espera para cirurgias nos
cinco hospitais habilitados pelo SUS que oferecem os procedimentos na rede pública de saúde. Os números foram calculados com base nas respostas das instituições obtidas pelo G1 por meio da Lei de Acesso à Informação e pelas assessorias de imprensa. As equipes médicas de cada hospital com conseguem fazer uma cirurgia por mês. Os candidatos a presidente precisam se posicionar sobre isso.

Análise incorreta

O colunista do portal brsil247, Ribamar Fonseca, faz uma análise incorreta sobre quem se beneficia com a não participação de Lula no pleito eleitoral. Ele diz que é o Jair Bolsonaro, desconhecendo que
Lula já tem a segunda pessoa na plataforma, o Haddad e uma segunda via, que é o Boulos. O colunista diz que “as leis, hoje, no Brasil, não são respeitadas nem mesmo pela própria Justiça". Ora, quem está
desrespeitando as leis é o Lula,que quer ser candidato na condição de detento.

Campanha no Parque

Candidatos petistas faziam desfilar seus carros de som com propaganda eleitoral em volta do mercado do Parque Piauí na manhã de ontem (19), todos dizendo que são candidatos do Lula. As mensagens se confundiam com as dos pregadores evangélicos instalados em dois pontos. A mensagem petista em relação ao ex-presidente parecia mais cristã que a dos evangélicos. Em uma coisa os pregadores políticos e evangélicos estão empatados no Parque Piauí: nenhum deles se preocupa com a situação de uma idosa que vegeta debaixo de uma barraquinha de plástico, no centro da Praça, pedindo esmola.

Cala a boca Bolsonaro

Escreveu o jornalista Cláudio Barros, no facebook: “Brasil é signatário da ONU desde sua fundação, mais de sete décadas atrás. A organização não é lá essas coisas, mas o mundo seria bem pior sem ela.
Fazem parte da ONU um sem número de organismos. Citarei três que estão longe de serem comunistas: OMC, BIRD e FMI. O segundo dessa lista, o BIRD (vulgo Banco Mundial), financia projetos de desenvolvimento social e econômico, como o Lagoas do Norte, em Teresina. E centenas de projetos do mesmo tipo Brasil afora. Daí vem um idiota, o Bozonaro, e propugna a saída do Brasil da ONU só porque ele ocupa parte de seus parcos neurônios com uma psicose sobre os comunas, esses seres risíveis que vivem com saudade do Stálin, Mao, Lênin, Trostski, mas que são somente chatos”.

Sem contador

Em entrevista à TV Cidade Verde, na segunda-feira (20) o candidato a governador Dr. Pessoa afirmou que compraram seu contador, pois o mesmo colocou na Justiça Eleitoral um material que nem uma pessoa sem noção de contabilidade faria. Sem dizer o nome do contador, o candidato disse que ficou no mato sem cachorro (o cachorro seria o contador?) mas ficou com Deus. Ele disse também que só não ficou inelegível graças a uma notificação da própria Justiça Eleitoral. Vai aqui uma sugestão ao Dr. Pessoa: que ele contrate um contador de causos, para concorrer em pé de igualdade com o governador Wellington Dias.

Candidatos na TV Assembleia

Numa sessão em que não havia nenhum membro da base do governo para defendê-lo das críticas do deputado Robert Rios, o único a usar a tribuna na segunda-feira (20), o presidente Themístocles Filho
anunciou que a TV Assembleia fará entrevistas com os candidatos a governador, para debater temas específicos. Ele disse que os debates estabelecem muito pouco tempo para os candidatos falarem de temas como Educação, Saúde e Segurança.

O humor de cada dia


Beijo é igual ferro elétrico: liga em cima e esquenta em baixo.

Não mando minha sogra pro inferno porque tenho dó do diabo.

Preguiça é o habito de descansar antes de estar cansado.

Mulher é como índio: pinta-se quando quer "briga".

Por que ficar de braços cruzados se o maior homem morreu de braços abertos?

Para que um olho não invejasse o outro, Deus colocou o nariz no meio!!

Sogro rico e porco gordo só dão lucro quando morrem.

Não sou detetive mas só ando na pista.

Cana na fazenda dá pinga; pinga na cidade dá cana.

Pobre é como cachimbo: só leva fumo!!

Casei-me com Maria, mas viajo com Mercedes.

A mata é virgem porque o vento é fresco.

Dê sua opinião: