A força da crença

Resultado de imagem para Lula 
 Ex -presidente Lula (Foto: Reprodução)

De todas as manifestações que aconteceram ontem no país, a que pareceu mais autêntica foi a que se realizou em frente ao edifício onde fica localizado o triplex, em Guarujá, Litoral de São Paulo, atribuído ao
ex-presidente Lula. Pouco mais de 50 pessoas se aglomeraram no outro lado da pista, de forma pacífica, simplesmente porque acreditaram que o imóvel é do ex-presidente.

Lula foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a nove anos e seis meses de prisão, porque ele entendeu que a construtora OAS pagou R$ 2,2 milhões em propina ao ex-presidente por meio da entrega do triplex e reformas realizadas no imóvel. O recurso está sendo analisado por três desembargadores do Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Os manifestantes exibiam faixas e cartazes, defendendo que a pena ao ex-presidente seja mantida, que ele também seja preso e que a Operação Lava Jato siga em frente. Ao que se soube, o ato foi organizado
previamente pelas redes sociais. Não consta que alguém tivesse financiado o deslocamento. Não se sabe nem se entre os manifestantes havia gente de outros estados.

A verdade é que as pessoas, em situações como a que o Brasil vive hoje, se organizam e se mobilizam por força da crença. Se o número dos que acreditam na inocência de Lula é maior que o daqueles que vêm nele um criminoso, a culpa não é de ninguém. Poderia ser dos meios de comunicação, mas esses estão ao alcance de todos. Existe ainda uma terceira corrente, aquela que não se manifesta.

Não suje a cidade


A Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste) decidiu que a responsabilidade pela limpeza das vias públicas após eventos particulares é da organização do evento e que quem desrespeitar a regra será multado. A prefeitura está estudando uma forma de responsabilizar quem faz esses eventos ou então um cadastro destes ambulantes para que todos façam a remoção do lixo de forma adequada.
Sobre o lixo produzido na festa de pré-carnaval, no último fim de semana, o assessor do evento informou que a organização atendeu todas as exigências da prefeitura. Tomara que essa regra não prevaleça
somente no carnaval.

Inocente ou culpado?

O ex-presidente Lula deu uma de inocente em seu discurso para uma multidão em Porto Alegre, na véspera do julgamento de seu recurso contra a sentença do juiz Sergio Moro no TRF4. Ele disse carregar a
tranquilidade dos inocentes, daqueles que não cometeram nenhum crime. E disse mais: "as pessoas têm que entender que não estou preocupado comigo. Estou preocupado com o povo brasileiro. Engole isso, Sérgio Moro!

Ambulantes no corso

Em festa de carnaval também se ganha dinheiro. Uma prova disso foi a intensa procura de ambulantes e vendedores que pretendem comercializar bebidas e comidas na Avenida Raul Lopes durante o Corso deste ano.Só no primeiro dia de inscrição, 116 fichas foram cadastradas pela equipe da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste (SDU Leste). As inscrições, que se iniciaram hoje (22) e seguem até sexta (26), estão sendo realizadas no novo prédio da SDU Leste, localizado na Avenida Zequinha Freire, número 370, Bairro Uruguai.

Sugestão de Freitas Neto

O ex-governador Freitas Neto entende que o PSDB deve colocar o mais rápido possível um nome em campo para enfrentar Wellington Dias e disputar o Palácio de Karnak nas eleições 2018. Do alto de sua
experiência, Freitas está, indiretamente, incentivando o deputado Luciano Nunes. Ele defende que o lançamento de um candidato tucano seja feito antes de abril. Ele próprio já foi sugerido para a disputa,
mas parece que não deu muita importância

Temer tentando convencer

Quem diria que o presidente Michel Temer fosse capaz de tentar convencer a população sobre ações positivas de seu governo. Pois foi. Em artigo publicado no jornal Valor Econômico, ele destacou os
esforços da equipe de governo para oferecer ao cidadão “serviços de qualidade dentro de um orçamento equilibrado”, além de “efetivamente tirar da pobreza milhões de brasileiros”.“Em pouco mais de um ano e
meio de gestão, afirmamos, na prática, nosso compromisso com o equilíbrio fiscal. A inflação caiu e está sob controle. O câmbio estabilizou-se. Os juros recuaram a seu menor patamar histórico. Foi
com realizações que restauramos a confiança na economia brasileira”, afirmou.

Igualdade

Escreveu o advogado Antônio de Deus, no facebook: ‘Eu defendo o princípio da igualdade diante da lei! Todos precisam ser iguais perante a lei. Precisamos impedir privilégios a qualquer grupo. É
preciso proibir o tratamento diferenciado aos indivíduos com base em critérios como: raça, sexo, classe social, religião, convicções políticas e cargo publico. Se está provado que Lula roubou, que seja
preso como se fosse você que tivesse roubado. A Lei é para Chico e para Francisco”!

Acidente na Frei Serafim

Um acidente grave registrado na manhã desta quarta-feira (24) mostrou a imprudência de determinados condutores de ônibus. Testemunhas contaram que uma mulher identificada como Cristiane, de 33 anos,
estaria na faixa de pedestres quando foi atropelada por um ônibus que faz a linha do conjunto Saci. Registros policiais indicam que esse foi o terceiro acidente grave envolvendo ônibus em Teresina nos últimos 15 dias. Mas circulou uma informação de que a mulher atropelada teria entrado na faixa de pedestres fugindo da perseguição de um assaltante.

O humor de cada dia

Uma loira foi ao shopping comprar um legítimo sapato de jacaré e o

vendedor da loja logo informou o preço:

- Mil reais!

- O quê? Não é possível... Não tem outro jeito de eu conseguir um

legítimo sapato de jacaré? - disse a loira, se insinuando.

- É, acho que tem... - disse o vendedor, enchendo a loira de

esperanças - Eu conheço um parque aqui perto onde têm alguns

jacarés... A senhora pode ir até lá caçar um deles e providenciar o

seu próprio sapato!

A loira concordou e disse que iria até o parque caçar os jacarés. Tudo

para conseguir o seu sapato de jacaré legítimo! No início o vendedor

desacreditou mas, como estupidez de loira não tem limites, ele

resolveu ir ao parque checar se ela estava por lá.

Não deu outra: quando ele chegou logo viu a loira dentro do pântano

dando um tiro em um jacaré enorme e arrastando-o até a margem, onde

estavam mais de uma dúzia de jacarés mortos.

O vendedor fica espantado e sem acreditar que está presenciando a

primeira caçadora loira do mundo em ação! Quando ela, com muita

dificuldade, tira o jacaré morto da água e reclama:

- Mas que lástima! Mais um sem sapatos!

Dê sua opinião: