sexta-feira , 18 agosto 2017 - 01:49
Home / Cidade / Taxistas e mototaxistas fazem manifestação contra a pirataria

Taxistas e mototaxistas fazem manifestação contra a pirataria

Mototaxistas saíram em passeata e continuaram manifestação em frente à Prefeitura de Teresina (Foto: Moura Alves/  O Dia)

Taxistas e mototaxistas de Teresina se reuniram diante da Assembleia Legislativa para protestar contra a pirataria no setor. Os trabalhadores deverão se reunir com deputados estaduais com quem já haviam marcado. As categorias farão ainda uma passeata pelo Centro de Teresina, até a sede da Strans, no Centro de Teresina.

O presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Ricardo Costa, afirma que as duas categorias vem sendo prejudicadas pela falta de fiscalização. “O aplicativo Uber está tirando corridas das duas categorias, tanto taxi quanto mototaxistas. E a pirataria continua. Apesar de grande luta nossa, a fiscalização é quase inexistente”, argumenta Ricardo Costa.

O sindicalista chama a atenção para os motoqueiros ilegais, que operam com coletes iguais aos usados pelos legalizados. “Outros saíram da cadeia e estão usando a nossa profissão para roubar, para praticar crimes”, disse Ricardo Costa. “Estamos pedindo, através do manifesto, por uma fiscalização rigorosa”.

Principais articuladore, os mototaxistas estão em maior número na manifestação. Mais de cem motocicletas e cerca de 50 carros se posicionaram diante da Alepi. Ricardo Costa afirma que apenas uma pequena parta da categoria deve comparecer. Ao final da manhã, taxistas e mototaxistas irão sair em passeata pelo centro de Teresina, passando pela Igreja São Benedito com destino à sede da Strans, na rua Pedro Freitas, na Vermelha.

Taxistas e mototaxistas se uniram em manifestação no Centro de Teresina (Foto: Moura Alves/ O Dia)

“Não queremos prejudicar a população. Estamos aqui para mostrar nossa indignação, chamar a atenção das autoridades. Mas se não tomarem consciência do problema, infelizmente teremos de incomodar”, disse Ricardo Costa. Segundo ele, a categoria poderá se reunir novamente nos próximos dias, desta vez com 100% dos trabalhadores: cerca de 800 taxistas e mais de 2300 mototaxistas.

Taxistas

A categoria dos taxistas também esteve na manifestação com suas próprias reivindicações. O presidente do sindicato dos taxistas, Raimundo Bezerra, denunciou que há taxistas com alvará de outras cidades operando de forma clandestina em Teresina.

Manifestação começou diante da Assembleia Legislativa (Foto: Reprodução/ Whatsapp)

“Tem carros de José de Freitas, de Timon, União, Altos, várias cidades do Piauí com timbre de empresa daqui. Eles conseguem o alvará com os prefeitos dessas cidades, e vem operar aqui”, disse Raimundo Bezerra.

O sindicalista também fez críticas aos aplicativos de transporte individual de passageiros. “Tem empresas de aplicativos trazendo carros de Minas Gerais. Chegaram com quatro cegonhas, com 60 carros de Minas Gerais, que não pagam IPVA aqui e ainda leva parte do dinheiro, uns 30% de cada corrida, para fora do país”.

Edição: Karliete Nunes
Por: Andrê Nascimento
Fonte: Portal o Dia

Veja também

Justiça cancela “honoris causa” para Lula

A Justiça Federal deferiu liminar cancelando a entrega do título de “doutor honoris causa” ao …

Deixe uma resposta