sexta-feira , 18 agosto 2017 - 01:49
Home / Manchete Slide / Empresário preso pela Polícia Federal é posto em liberdade pela Justiça

Empresário preso pela Polícia Federal é posto em liberdade pela Justiça

O empresário Décio de Castro Macedo preso pela Polícia Federal durante a Operação Pastor deflagrada no mês de junho deste ano foi posto em liberdade através de liminar deferida pelo desembargador federal Cândido Ribeiro.

Na decisão o desembargador determinou ainda medidas a serem cumpridas pelo empresário. As medidas são assinatura de termo de compromisso de comparecimento a todos os atos do processo, sempre que intimado, comparecimento mensal perante o juíz, para informar e justificar atividades e proibição de manter contato com os demais denunciados.

A Operação

A operação Pastor foi deflagrada pela Polícia Federal para o cumprimento de mandados de prisão referentes a crimes de desvios de recursos públicos, que envolvem políticos, prefeitos, secretários, ex-gestores públicos e também empresários. A ação ocorreu em três cidades do Piauí: Teresina, São Raimundo Nonato e Dom Inocêncio; além de Brasília, no Distrito Federal.

Polícia Federal ( Foto: Portal AZ)
Polícia Federal ( Foto: Portal AZ)

A operação Pastor cumpre dois mandados de prisão preventiva, seis de prisão temporária, cinco de condução coercitiva e 14 de busca e apreensão.

O grupo criminoso é investigado pela prática de desvio-peculato, fraudes licitatórias, corrupção ativa, e corrupção passiva. Foram desviados recursos do Ministério da Educação, Codevasf e Funasa. O prejuízo apurado até o momento ultrapassa o montante de R$ 5 milhões.

Fonte: Portal Az

Veja também

Justiça cancela “honoris causa” para Lula

A Justiça Federal deferiu liminar cancelando a entrega do título de “doutor honoris causa” ao …

Deixe uma resposta